CASO SAMPAPREV – mais uma derrota para Doria e Bruno Covas!!

 

 

 

 

 

 

 

 

Em março de 2018, Giannazi acionou o MP para suspender e investigar a propaganda encomendada sem licitação por Doria, ao custo de quase R$ 3 milhões.

 

Na ação ajuizada a promotoria reconhece que a peça publicitária visava confundir a população e apresentava claro cunho ideológico, atendendo aos interesses políticos da gestão Doria. O MP pede o bloqueio de bens no valor de R$ 8,3 milhões de todos os investigados.

 

Doria: tudo nele é fake e marketing vazio!