Iamspe atrasa pagamento de bônus e tenta culpar entidades sindicais

 

 

O deputado Carlos Giannazi esteve no Hospital do Servidor Público Estadual, na segunda-feira (2/10), para prestar apoio ao sindicato e à associação dos funcionários. Isso porque a superintendência do Iamspe tentou responsabilizar as entidades pelo atraso no pagamento da bonificação por resultados, que deveria ter sido feito no último dia 29. Somente após realização de assembleia, o pagamento do bônus foi agendado para o dia 10/10. “A associação e o sindicato são vítimas de um processo de desmoralização”, salientou.

 

“O bônus não resolve a situação dos servidores, cujos salários estão defasados há muitos anos, mas é uma importante conquista da categoria”, afirmou Giannazi, ressaltando que a crise financeira do instituto seria facilmente equacionada se o governo apresentasse contrapartida equivalente à colaboração de 2% descontada na folha de pagamento dos servidores públicos estaduais.

 

Em outra visita ao hospital, realizada em junho, Giannazi havia constatado irregularidades em diversas áreas, incluindo portas de incêndio obstruídas, elevadores sem manutenção e instalações elétricas expostas. “Entrei na UTI e em várias enfermarias. A impressão que tive foi a de estar em um acampamento de guerra.” Apesar da degradação, o deputado ressaltou que o Hospital do Servidor ainda presta um bom atendimento “por conta da dedicação dos servidores”.